sexta-feira, setembro 12, 2014

No Reino Encantado de Epigres

Era uma vez numa terra encantada, onde 2 príncipes disputavam o Reino Encantado de Epigres. 
Com muitas moedas de ouro conseguiam contratar muitos corneteiros e os mais impressionantes sofistas do Reino.
Com a proximidade da escolha do parlamento, os candidatos a rei digladiavam-se em público feito animais. Nenhum deles, então, começou a apresentar mais projetos e começaram a se xingar de todos os nomes mais feios possíveis: Cara de Fuinha, Bobão, Fí duma Serpente, Fí da Peste, Fí do Canso Mariano... 
E assim segue a disputa pelo Reino Encantado, enquanto um diz que o outro fará ruína a Epigres a população segue sem entender essa disputa. 
Passa um pequeno camponês desatento e pergunta: 
- Painho e a gente como é que fica? 
- Não sei meu filho, o que estão menos ligando é pra gente... 

Mas há alternativa ! 
Não existem só 2 candidatos ao Reino de Epigres! 

Aflição!

Aflita! Assim era a vida dele. 
Foi juntando todas as inquietações, raivas, desavenças. Vivia para se resguardar e não incomodar aos outros. 
E assim seguia a vida... Em plena superfície nenhum mínimo abalo. Já no interior, borbulhavam emoções e fluxos de vontades não atingidas, meias verdades. Sentia como se apertassem seu peito e faltava-lhe ar ao entrar em desacordo com alguém.

Morena

Morena 

Companheira, meu amor, grande amiga. O que mais posso falar?

Quando eu te conheci mil coisas eu senti. 
Frio, calor, subindo pela espinha. Ao longo desses maravilhosos momentos, aprendi muito contigo...
Minha morena, morena minha.
Pele de pêssego, olhar singelo e encantador, muita paciente com esse seu namorado embroado, que não sabe viver, se não, ao seu lado!

terça-feira, junho 04, 2013

Insegurança

Insegurança

Essa era a palavra que definia ela, não sabia se falava...
Não sabia se respondia às ofensas...
-Não sei...
-Pra quê?
-Não vale a pena discutir... Ela é minha mãe, não adianta pegar briga... Ela é teimosa que só a peste.
Toda vez que ela ia abrir a boca pra entrar em conflito com alguém, parece que surgiam uns diabinhos e seguravam-lhe as cordas vocais. Muda e com o coração pesado, pronto para descarregar toda a sua vivacidade. Sabe? Não era de dar muito pitaco. Todos falavam menos ela...

Até que, um dia, ela saiu pelo mundo, sem rumo certo.

E o coração que antes era duro e pesado, começou a extravasar!

A mulher antes reprimida, tanto pela família, quanto pelos amigos, agora fala pelos cotovelos! Perguntando,  questionando e criticando! Coisa que nunca tinha feito desde que se lembra como gente.

E onde estará aquela velha mulher, de outrora? Tão autentica quanto uma marionete... Cadê?

Transformou-se num espírito livre, fluida como a água, agitada como o fogo. Atravessando barreiras, destruindo amarras, sou agora assim DIFERENTE!


Não Pago e Você paga?

(Publicado Originalmente em Geografia Na Raça) Observem essas imagens:

Ônibus da VCA com uma roda a menos (Foto: Tatiane Diniz)

Ônibus com porta defeituosa (Foto: Aracaju como eu vejo)
Não é primeira vez que acontecem acidentes com usuários do transporte público da Grande Aracaju, mas é a primeira vez que um passageiro é vítima fatal em decorrência desse transporte de péssima qualidade oferecido aos habitantes da Grande Aracaju. Para quem não sabe do que estou falando o que aconteceu foi o seguinte: Um trabalhador estava voltando para casa após assistir a um jogo de futebol, chegando no Terminal do DIA ele embarca num ônibus extremamente lotado(fato rotineiro nos ônibus da capital) e o homem ficou dependurado para o lado de fora da porta, entretanto após o veículo realizar a primeira curva o trabalhador cai no chão e bate a cabeça no chão, não sobrevivendo.
Infelizmente essa era uma tragédia anunciada, pois diariamente vemos essa mesma situação, passageiros transportado em máquinas superlotadas e tendo que se submeter a esse tipo de situação para não chegar atrasado no trabalho ou simplesmente porque os ônibus nãos são pontuais e demoram para passar.

Por conta deste serviço de péssima qualidade, além da vida perdida em decorrência de um tipo de transporte precário(nº insuficiente de ônibus) e da falta de fiscalização dos órgãos reguladores, o movimento Não Pago organizou hoje uma manifestação contra a proposta de aumento da tarifa de ônibus, dos atuais R$2,25 para R$2,45. O Não Pago busca a redução imediata de R$2,25 para o valor de R$1,82. Pois nas contas da SETRANSP existem funcionários que não existem que entram na conta, cobradores em ônibus que possuem apenas o motorista , além de câmaras de ar e protetores de câmara de ar para pneus que não as utilizam.
O ato teve início antes do começo da votação, entretanto não foi possível que nós entrássemos na "casa do povo" como é chamado a Câmara de Vereadores de Aracaju. Somente depois que soubemos que não havia local para os manifestantes por conta de um vereador que trouxe um ônibus cheio de pessoas financiadas por ele para tal propósito. Já que não foi possível a nossa entrada, continuamos com os protestos fora da câmara e também no salão de entrada. Ocupamos a rua Itabaianinha, colocando na frente o caixão simbólico de João Alves - Prefeito de Aracaju para garantir uma maior visibilidade.

Ocupando a Rua Itabaianinha (Foto:Sílvio Oliveira)





Caixão simbólico com o Prefeito de Aracaju e os vereadores favoráveis ao aumento da tarifa (Foto: Portal Infonet)
Ao final de todo este protesto qual foi o resultado? Os vereadores votaram o aumento da passagem de ônibus?
Não, pois os vereadores da base do prefeito se retiraram da sessão e não houve quantidade mínima de vereadores para a votação. Depois de quase 4 horas de vigília e de muita persistência encerra-se oficialmente a sessão.

E agora? Quando será a próxima sessão? Como eu posso ajudar o movimento?

A próxima votação provavelmente ocorrerá na terça-feira 07 de Maio pela tarde.
Você leitor(a) está convidado a participar dos atos e mobilizações e chame alguém conhecido para ir também, juntos somos fortes, juntos somos muitos! Não Pago!


E você o que acha do transporte público de Aracaju? Quem é que ganha com esse aumento, você cidadão aracajuano?

Por último mas não menos importante, deixo este vídeo produzido pelo Movimento Não Pago, elencando as vantagens (sarcasmo) do aumento da tarifa de ônibus.


Até mais pessoal e a luta continua!
Não Pago e você, paga?